Busca

O UNIVERSO MUSICAL
Quem Somos
Expediente
Cadastro
Publicidade
Fale Conosco
LINKS EXTERNOS
Blog
Universo Produções
Site Marcos Bin
Orkut
MySpace
Enquete
Você é a favor do ensino obrigatório de música nas escolas, como defendem alguns artistas? Acesse nosso blog e dê sua opinião!
  Kades Singers atinge o auge da carreira em estréia na Line Records

Na coletiva na sede da Line, Denis, Marlon, Raquel e Jussy mostraram-se felizes em estar na nova gravadora, mas magoados com a antiga. “Queríamos apenas o que era nosso, o mínimo que a gente precisava. Só queríamos trabalhar”, disse Denis

Por Marcos Paulo Bin

Embora não parecesse, o motivo da Line Records para juntar aquelas dezenas de pessoas, a princípio, era divulgar o primeiro CD do Kades Singers pela gravadora, Fé Imbatível. Mesmo tendo ficado em segundo plano, o grupo conseguiu falar sobre o disco, o quinto de sua carreira em oito anos de existência, e de sua saída da gravadora MK Publicitá, onde foi descoberto e começou a carreira.
Quando puderam falar, Raquel Mello, Marlon Saint, Jussy Oliveira e Denis Goursand fizeram questão de mostrar a alegria em estar na nova casa, enquanto não escondiam a decepção com sua antiga gravadora. “Nunca fomos tratados dessa maneira”, disse logo uma empolgada e risonha Raquel Mello, referindo-se à estrutura montada pela Line para a coletiva. “Estamos muito felizes, e a nossa expectativa é a melhor possível. Nós vestimos a camisa, independentemente se a gravadora trabalha por nós ou não. Isso tudo aqui já é enorme para a gente”, disse uma não menos animada Jussy Oliveira.
Mas não demorou muito para Raquel perder o sorriso. Ao lembrar do passado, ela acusou a MK Publicitá de privilegiar alguns artistas em detrimento de outros. “Em alguns lugares encontrávamos vendendo os CDs de vários artistas da gravadora mas não os nossos. Na Line o CD mal chegou e já estamos tendo respostas. Hoje mesmo uma locutora de uma rádio de Belo Horizonte nos ligou dizendo que estava tocando nosso novo disco. Isso era muito difícil acontecer com a gente”, lamentou a cantora.
Denis Goursand foi além. “Alguns artistas têm preferência dentro da gravadora. Nós sempre soubemos que existiam nomes maiores que o nosso, que vendiam mais. Mas nós nunca quisemos nos sobressair, aparecer mais que os outros. Queríamos apenas o que era nosso, o mínimo que a gente precisava. Só queríamos trabalhar”, disse ele. Mais uma vez, a MK não quis comentar as declarações.

Produção de Beno Cesar foi fundamental

Deixando de lado as picuinhas e partindo para a música, Fé Imbatível é um ótimo disco. São 12 faixas, sendo duas a capela – as conhecidas Doxologia e Rude Cruz, esta última também em versão com instrumentos – que só mostram o incrível poder vocal do quarteto e a perfeita harmonia entre seus integrantes. Chega a ser emocionante a linda conjugação das vozes masculinas e femininas do grupo, em músicas como Chão de Estrelas.
Os ritmos são variados, como de costume. O CD começa com o soul Levante A Cabeça e passa pela bonita balada em inglês Angel Face, a animada Perfeita Paz, que lembra o tradicional gospel feito nas igrejas dos Estados Unidos, a dançante Fugas (destaque para o ótimo baixo de André Neiva) e ainda o funk dos morros cariocas, em Olha A Brecha, com direito ao grito “uh, olha a brecha, uh, olha a brecha”, como se eles fizessem parte de uma torcida de um time de futebol.
Denis enfatiza que a mistura de ritmos não significa uma metralhadora giratória atirando para todos os gostos. “No nosso repertório, procuramos apenas escolher as melhores músicas. Um CD é bem diferente do outro. Não repetimos algo que deu certo no CD anterior. Isso pode funcionar com outros, não conosco. Queremos fazer apenas discos bons, que abençoem a vida das pessoas”, diz o cantor, aproveitando para criticar a falta de liberdade artística que, a exemplo do que sempre existiu no mercado secular, começa a acometer também o meio gospel. “Nunca nos impuseram nada, embora isso aconteça em algumas gravadoras. A onda do momento é o louvor profético. Eu adoro, mas a pessoa tem que ser chamada para isso. O nosso chamado sempre foi para o evangelismo.”
Das nove músicas inéditas, seis são assinadas pela dupla Beno Cesar e Solange de Cesar. Uma delas é a faixa que abre o disco, a bela Levante A Cabeça, com a qual o grupo se identificou. “O Beno nos mostrou essa música e nós nos emocionamos. Ela encoraja as pessoas, e é isso que a gente quer passar. Os problemas vêm, mas nós podemos enfrentá-los com Jesus”, diz Marlon.
Jussy, por sua vez, ressalta a importância de Beno na produção do CD. “Antes nós mesmos produzíamos nossos discos. O Beno nos assessorou muito, abriu nossos olhos para coisas novas. Esse disco tem música para todos os gostos. A produção do Beno foi fundamental para isso”, comemora.
Com a ajuda de Beno Cesar, o Kades Singers atinge o auge de sua carreira, e sedimenta-se como um dos melhores grupos vocais do Brasil, não só do meio evangélico. Fé Imbatível é, sem dúvida, o melhor lançamento gospel do ano até o momento. É sempre bom lembrar que vendas não são sinônimo de qualidade artística, nem devem ser o único parâmetro para uma gravadora. Foi pensando assim que as multinacionais seculares entraram no buraco em que estão.


Veja mais:


  Pouca música e muito marketing
   Disco:  Fé Imbatível
     Ficha técnica, faixas e compositores

 
Graça Music anuncia novidades à imprensa

Grupo Toque no Altar nos Estados Unidos

Metade do Pink Floyd em disco ao vivo de David Gilmour

Oasis mantém o (bom) padrão com Dig Out Your Soul
 
Confira outras matérias
desta seção
 

 

       

 
 
Copyright 2002-2008 | Universo Musical.
É proibida a reprodução deste conteúdo sem autorização escrita ou citação da fonte.
 
Efrata Music Editora Marcos Goes Marcelo Nascimento Dupla Os Levitas Universo Produções