Busca

O UNIVERSO MUSICAL
Quem Somos
Expediente
Cadastro
Publicidade
Fale Conosco
LINKS EXTERNOS
Blog
Universo Produções
Site Marcos Bin
Orkut
MySpace
Enquete
Você é a favor do ensino obrigatório de música nas escolas, como defendem alguns artistas? Acesse nosso blog e dê sua opinião!
  Entrevista com Kelly Key: “por que não ser eu mesma?”

Divulgação
Kelly Key na gravação de seu CD/DVD ao vivo. Oitenta por cento do público presente ao Canecão era formado por crianças

Por Marcos Paulo Bin

É incrível como, apesar de algumas músicas suas trazerem letras picantes e, ao menos para os pais, não serem nada remendáveis para menores de 15 anos, Kelly Key conquistou a afeição do público infantil. Na gravação de seu novo disco ao vivo, ano passado, no Canecão, 80% do público era formado por crianças. Muitas delas usando a boina que a cantora fez virar mania nacional em 2003.
Consciente da força que tem entre as crianças, Kelly Key – que foi lançada pela Warner, em 2001, para conquistar o público teen – agora volta seu trabalho para os pequeninos. Em agosto, ela pretende lançar um CD só com temas infantis. “As crianças hoje estão muito evoluídas, perderam parte da infância. Para tentar reverter isso, apresentei esse projeto à Warner”, conta a cantora, que no momento está escolhendo o repertório.
Confira abaixo o que Kelly Key fala sobre esse e outros assuntos.

Você não acha que está cedo demais para lançar um disco ao vivo? Não seria melhor ter esperado mais uns dois CDs de estúdio para juntar mais sucessos e, aí sim, reuni-los em um projeto desse?

Não. Meu primeiro CD estourou cinco músicas. O segundo, quatro. Fiz muito sucesso em um espaço de tempo muito curto. Como eu já fiz um CD de remixes, o público pedia um disco que trouxesse todas as músicas conhecidas.

Como você explica o sucesso com as crianças, mesmo cantando músicas picantes como Baba, Escondido e outras?

Os termos que eu uso nas músicas atraem as crianças – “cachorrinho”, “baba, baby” etc. São refrãos repetitivos, com os quais elas se identificam. Agora estou com um projeto de CD infantil, que está previsto para agosto. As crianças hoje estão muito evoluídas, perderam parte da infância. Para tentar reverter isso, apresentei esse projeto à Warner.

Como será o disco?

Será de regravações de músicas que as crianças conhecem. Bem diferente do meu disco anterior de estúdio, que era voltado para os adolescentes.

Uma curiosidade é que na primeira faixa de trabalho do CD ao vivo, Por Causa de Você, você se mostra totalmente submissa à pessoa que ama. É totalmente o oposto de Baba, quando você estava no comando. Como você explica essa “transformação”?

Não é bem assim. No meu primeiro CD, também havia músicas mais doces. É que a mídia adora falar mal, aí aproveita as letras mais picantes. Além disso, é normal uma adolescente se apaixonar por um professor de Educação Física, bem como é normal uma pessoa revidar quando é humilhada.

Eu a entrevistei quando você estava lançando seu primeiro CD, e ainda era uma aposta da Warner para o segmento teen. Na época, você parecia bem tímida, diferente de hoje em dia. Foi até difícil conseguir as respostas para minhas perguntas. A que se deve essa mudança?

Eu sempre fui tímida. Mas eu era inexperiente, tinha medo de me revelar. Só que eu já fui tão criticada nesses anos pelo que eu falei e pelo que não falei, que agora eu vou é falar! (risos) Por que não ser eu mesma?

Qual foi a principal mudança interior por que você passou nesses três anos?

Criei mais confiança em mim mesma. No início, eu achava que tudo ia ser como mágica. Hoje encaro a carreira menos como lazer e mais como trabalho.

Seu primeiro CD trazia várias composições autorais, mas o segundo, nenhuma. Você continua compondo?

Sim, continuo. No segundo CD eu dei espaço para outros compositores porque as pessoas estavam confundindo a Kelly Key cantora com a compositora. Mas pode ter certeza de que no meu próximo disco haverá muitas músicas minhas.

Qual será o estilo delas?
O mesmo de Adoleta, na linha infanto-juvenil. Quero sedimentar este meu público.


Veja mais:


  Em seu terceiro disco, Kelly Key prova que veio para ficar
   Disco:  Kelly Key Ao Vivo
     Ficha técnica, faixas e compositores

Matérias relacionadas:

  Kelly Key lança 4º CD e admite vida curta como cantora


Resenhas relacionadas:

  Kelly Key
  Ao Vivo

 
Graça Music anuncia novidades à imprensa

Grupo Toque no Altar nos Estados Unidos

Metade do Pink Floyd em disco ao vivo de David Gilmour

Oasis mantém o (bom) padrão com Dig Out Your Soul
 
Confira outras matérias
desta seção
 

 

       

 
 
Copyright 2002-2008 | Universo Musical.
É proibida a reprodução deste conteúdo sem autorização escrita ou citação da fonte.
 
Efrata Music Editora Marcos Goes Marcelo Nascimento Dupla Os Levitas Universo Produções